EXPLORAR
EN

A ARTE DE SER UMA ILHA

CONEXÃO ST. BARTH

Bienvenue a St. Barth!

Exploramos cada canto azul, badalado e secreto deste paraíso e apresentamos nesta plataforma uma curadoria com tudo o que você precisa saber para desfrutar sua viagem com conteúdo exclusivo e diferenciado sobre cultura, lifestyle e comportamento.

O Conexão St. Barth busca ser o mais completo possível, com todas as informações, contatos e detalhes relevantes para sua experiência nesse destino maravilhoso. Entretanto, é extremamente recomendado que serviços como reservas de passagens aéreas, hospedagem, locação de veículos, entre outros, sejam realizados com sua agência de viagens ou uma das uma das Agências Recomendadas Virtuoso, que possuem o know-how necessário para tornar sua viagem inesquecível.

Nesta área oferecemos todos os dados importantes e informações práticas do destino, seja com a descrição da ilha, como chegar, trâmites com visto, tipo de tomada, Wi-Fi e até mesmo providenciando um mapa especial.

Visite a divisão SUA VIAGEM para conhecer opções de hospedagem, locação de veículos e um roteiro gastronômico. E para dicas de quem realmente entende St. Barth, visite DICAS INSIDERS.
Desfrute!

Jordana Gheler, sócia-fundadora

O DESTINO

Saint-Barthélemy (ou St. Barth, como a ilha caribenha ficou conhecida mundo afora) é hoje o playground de celebs e fashionistas que querem se distanciar dos flashes, circular dia e noite sem guarda-costas a tiracolo e relaxar em clima low profile, mas sem abrir mão de um serviço cinco estrelas. Marc Jacobs costuma exibir por lá seus músculos sob o sol;

LEIA MAIS
Destino

HISTÓRIA

Descoberta em 1493 por Cristóvão Colombo, a ilha foi reivindicada pela coroa espanhola e seu nome indígena de Oanalao foi alterado para St. Barthélemy, em honra do irmão de Colombo. Tomada por franceses e colonizada em meados do século 17, a ilha sofreu muitos anos de incerteza em tempos turbulentos de guerra, pirataria e conflitos com as tribos nativas.

LEIA MAIS
Historia

CALENDÁRIO DE EVENTOS

MELHOR
ÉPOCA DO ANO
PARA VISITAR

De novembro a agosto, a ilha é movimentada com semanas de fluxo mais intenso, de acordo com o calendário de eventos. O período mais badalado acontece durante os eventos “Taste of St. Barth” (novembro), Réveillon (dezembro e janeiro), Carnaval (fevereiro), “Bucket Week” (março), “Les Voiles de St Barth” (abril), “Summer Camp” (julho), “Summer Sessions” e “Family Music Festival” (ambos acontecem em agosto).

PROCURE
EVITAR A
ILHA EM...

...setembro e outubro, boa parte dos estabelecimentos fecha. Esta época é quando os moradores da ilha saem de férias.

QUANTOS DIAS
PERMANECER
NA ILHA?

St. Barth possui inúmeras atividades, praias, lojas e restaurantes para curtir. A estadia mínima recomendada é 7 dias, para se familiarizar com a ilha e apaixonar-se por ela. Se quiser descansar um pouco, 15 dias serão mais do que suficientes. Agora, se quiser uma experiência completa, alugue uma villa e passe um mês – sempre haverá o que fazer em St. Barth.

GASTO
MÉDIO
POR DIA

Esta é uma das perguntas frequentes que recebemos e, obviamente, não há regras neste ponto. Porém, para uma estadia bacana, sugerimos um mínimo de 500 euros por dia, contemplando carro, almoço e jantar. Acrescente a este valor a diária do seu hotel ou villa. Em SUA VIAGEM apresentamos um leque de opções interessantes para você.

COMO CHEGAR DE AVIÃO PARTICULAR

Em St. Barth não é permitida a entrada de jatos privados. Uma opção muito recomendada é o estacionamento em Anguilla, uma das ilhas vizinhas. Moderno e com excelente serviço, o estacionamento é administrado pela Lloyds Aviation. Para agendar seu pouso, mande um e-mail para info@lloyd-aviation.com.

O voo de Anguilla para St. Barth dura 15 minutos e você pode reservar com a Anguilla Air Service, basta enviar um e-mail para a Nanette, info@anguillaairservices.com, ou clique aqui.

COMO CHEGAR DE VOO COMERCIAL

VIA PANAMÁ

VIA MIAMI

VISTO E ENTRADA NA ILHA

VISTO E ENTRADA NA ILHA
LEIA MAIS

ENTRADA DE ANIMAIS

ENTRADA DE ANIMAIS
LEIA MAIS

PARTICULARIDADES

PARTICULARIDADES
LEIA MAIS
LÍNGUA

LÍNGUA

A língua oficial de St. Barth é o francês, mas o inglês também é amplamente falado para facilitar a comunicação com os turistas. No entanto, certas línguas tradicionais ainda são populares entre os nativos, como o patois francês e o crioulo. Há variantes, como um sotaque local, de bairro para bairro.

CLIMA

CLIMA

Aproximadamente 94% dos dias do ano em St. Barth são ensolarados. O clima de novembro a abril varia entre 27ºC e 31ºC e é agradável, mesclando sol abundante e brisa fresca vinda do mar. A partir de maio, as temperaturas chegam a 35ºC e chove com maior frequência.

HORA LOCAL

HORA LOCAL

St. Barth mantém o mesmo fuso horário que o restante do Caribe. Para calcular a hora correta na ilha, basta adicionar ou subtrair da hora local em seu país, no caso do Brasil, – 2.

MOEDA

MOEDA E ATM’s

Por muitos anos, o franco francês foi o dinheiro oficial da ilha, bem como o dólar americano, o que foi essencial para fazer negócios com São Tomás, por exemplo, onde muitos moradores tinham família. Em 2001, St. Barth, como o resto da França e da Europa, mudou para o euro. O dólar americano continua a ser a segunda moeda da ilha.

Você encontra ATM’s:
- No pequeno centro comercial em frente ao aeroporto, em St Jean
- No supermercado Marche U, em St Jean
- Em Gustavia, Rue du General de Gaulle

TELEFONE

TELEFONE

Para ligar para St. Barth do Brasil: 00 + 55 + 590 + 9 dígitos.

CELULAR

CELULAR

Em St. Barth existem duas operadoras, a Orange e Digicel. Havendo necessidade é possível comprar um chip local, pré-pago e usá-lo durante a viagem, no entanto as operadoras brasileiras costumam funcionar bem na ilha.

WI-FI

WI-FI

A maioria dos restaurantes e estabelecimentos da ilha tem Wi-Fi disponível para seus clientes. O sinal costuma ser bom, podendo oscilar em dias de chuva.

TAXAS DE TURISMO

TAXAS DE TURISMO

Não são cobradas nenhuma taxa para entrar ou sair da ilha.

ELETRICIDADE

ELETRICIDADE E TOMADA

Em St. Barth, a eletricidade é de 220V e 60 Hz para toda a ilha. No entanto, a maioria dos hotéis e moradias utilizam transformadores para fornecer energia de 110V.

E o tipo de tomada é esta que ilustramos na foto.

PRESERVANDO E CUIDANDO DO MEIO AMBIENTE

ÁGUA

Como não existem rios ou fontes de água doce em St Barth, água da chuva coletada em cisternas são muito úteis durante períodos de seca. Além disso, a ilha tem facilidade para dessalinizar a água do oceano e fornecer água encanada para a maioria das casas, mas é muito caro. Isto significa que a água continua a ser um recurso precioso e deve ser usado de forma inteligente, com moderação e sem desperdício.

RESERVA
NATURAL

A reserva natural de St. Barth abrange 1.200 hectares, divididos em cinco zonas, englobando todo o território. A reserva protege os ambientes característicos da natureza da ilha e sua história. As áreas protegidas tem um interesse particular, pois possuem grande variedade de plantas e animais. A reserva também conta com ambientes subaquáticos excepcionais, tais como sargaços e recifes de coral, habitat de muitas espécies, incluindo animais ameaçados de extinção, como tartarugas-marinhas. As crianças de St. Barth aprendem cedo a cuidar da natureza.

CUIDADO COM
AS TARTARUGAS

É comum que, durante um passeio, você veja uma tartaruga atravessando a ilha. Estacione o seu veículo e ajude a tartaruga a atravessar. Seja gentil.

BALEIAS

Se você tiver a sorte de ver uma ou mais baleias durante a sua estadia na ilha, ligue para Reserva Natural de St. Barth no telefone +590 690 317 073 ou informe o concierge do seu hotel ou villa. Tente obter o máximo de informações, como local e direção. Desta maneira você estará apoiando a proteção às baleias e o estudo científico do santuário dos mamíferos marinhos cujo St. Barth agora faz parte. E nós agradecemos.

A Ilha

PRAIAS

LOCAIS